quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

A Maternidade.

Eu vim pensado ultimamente, como eu iria falar sobre a maternidade.
As vezes tenho muita coisa pra dizer, mas as vezes agente não precisar dizer nada, quem é mãe sabe muito bem.

Bom, descobri que estava grávida aos 17 anos, faltava poucos dias pra fazer 18 anos, enfim, soube que estava grávida com três meses, e naquela época namorava, aquele namoro que ia e vinha (todos sabem disso), eu ainda era uma criança, no momento pensava em balada, micareta, beber, curtir, zoar, chegar tarde da noite em casa, mas a partir dalí, daqueles 3 testes de gravidez que eu fiz sabia que minha vida ia mudar, ainda não sabia se a minha vida ia melhorar pra melhor ou pra melhor, afinal eu mãe? como assim ? 18 anos mãe? e as festas? meus amigos iriam sair e eu? ficar em casa? trocar fralda de criança? É pessoal, passou muita coisa na minha cabeça, juro, passou muita bobeira também, naquele mesmo mês completando 16 semanas fui fazer a primeira Ultrassom, entrei na sala com o Júnior que na época era namorado, namoramos fazia 2 anos e 10 mês, e eu entrei na sala, deitei e ele sentou ao meu lado e o médico perguntou: Você sabe o que é? Eu disse que não, só que naquele momento a hora que eu ouvi aquele coraçãozinho bater, e ela sentadinha com as perninhas cruzadas (parecia uma indiazinha) foi alí naquele momento que eu soube que a minha vida ia mudar pra melhor, SIM PRA MELHOR, eu ia ser mãe, carregava a minha filha dentro da barriga, naquele momento eu esqueci de tudo e de todos que estavam ao meu redor, era só eu e ela, ouvindo o coraçãozinho daquele serzinho tão inofensivo, tão puro. Que mágico nossa ;')
Daquele dia pra frente, eu tinha que se tornar uma MULHER, ser mais madura, mais responsável, mais MÃE, é e sabe como eu aprendi a ser assim e estou aprendendo ainda? Aprendi com a Julia, é ela que me ensinou, porque eu aprendo com ela todos os dias.
E pra contar a todo mundo que estava grávida? Principalmente para o meu pai, que na época estava passando um processo de recuperação por causa da bebida alcoólica, e o medo dele voltar a beber, o medo dele ficar bravo, o dia que fomos contar pra ele foi uma sensação de medo, de angústia, ajoelhei pedi desculpas por ter engravidado tão cedo, que eu ainda estava cursando contabilidade, que iria acabar tudo aquilo pra mim, que eu tinha que se tornar outra pessoa, uma pessoa melhor.
No momento ele chorou muito é todos nós choramos, ele saiu de perto de mim, ficou um tempo pensando, e voltou com aquele sorriso enorme estampado no seu rosto, a primeira coisa que ele fez foi ajoelhar beijar minha barriga e dizer: É uma menina, e vai ser muito bem vinda, naquele momento aquela angústia que eu sentia acabou, foi só felicidade, choramos, rimos muito.
E dali em diante, eu tinha que casar, isso que importava, casar, alugar a nossa casa, comprar nossos móveis, e foi o que agente fez, teve uma pessoa que eu não vou citar quem é, que ela atrapalhou sim muito agente, mas graças a Deus, deu tudo certo.
Minha gravidez foi maravilhosa, um momento mágico, nada pra mim importava mais que ela, ela era e é tudo pra mim, minha vida estava completa, não precisava de mais nada, minha família unida, casada, com uma filha pra nascer, amigos todos do meu lado, o pessoal da empresa também, o que mais eu precisava? de nada, eu estava feliz por completa ! ;)
Depois que a Julia nasceu nossa vida mudou em 360° graus, é mudou tanto nossa, eu amo ser mãe, ser esposa, ser amiga, ser concelheira, ser brava nos momentos errada, ser feliz sempre, sou responsável, trabalho, ajudo meu marido dentro de casa, cuido da nossa filha com o maior amor e dedicação.
Cada dia é uma coisa nova, um dia foi um sorriso com apenas um mês, e aquilo foi um momento de festa, quando aprendeu a comer, a sentar, a rolar e ficar de bruços, agora está quase engatinhando, isso é uma vitória.
Agradeço a Deus, por ele ter me dado esse presente mais que valioso SER MÃE, por ter me dado a melhor família, o melhor marido do mundo inteiro.
Todos os dias deito com a minha cabeça no travesseiro, e agradeço, agradeço muito por ele ter me tornado uma pessoa melhor.
Amo minha vida, amo todos que está do meu lado e amo principalmente você Filha, é você foi a minha maior alegria, você que fez sorrir novamente, você que me fez ser mãe, você que me ergueu quando eu ainda não estava preparada ! E eu não me arrependo de nada, de nadica, nem de ficar em casa, eu amo é estar do seu lado, enquanto o pessoal está lá curtindo, zoando, eu estou aqui, com a minha casa linda, minha família linda e principalmente você do meu lado ! Graças a Deus.
Eu não preciso de mais nada, só você estando comigo filha, do meu lado sempre.

Eu te amo muito, e vou te amar mais a cada dia que passa. ! ♥

(É meus olhos encheram de lágrimas a cada momento desse texto, e eu dedico tudo isso a você Júlia).




6 comentários:

Aline Simoes disse...

Primeira a Comentar Adorei Tudo Aquii Fran , Ate Me Emocionei Sabia , Me senti Muito Orgulhosa de voce , Por ter se Tornando Tao responsaveis , Todos nos sabiamos como era sua vida antes , como vcs viviam brigando , mas a Julinha veio pra unir mais , veio pra tornar tudo mas colorido , amei o texto a dedicação realmente deve ser a melhor coisa do mundo :')
amooo voceeees s2

BaH disse...

Você me fez chorar...hahaha... liiindo!

Minha Filha Minha Vida disse...

Oiii toda vez que leio teztos como o seu eu fico imaginando como teria sido se eu tivesse engravidado solteira, eu não sei mas acho que meus pais não teriam me acolhido (vc é uma menina de muita sorte) e é exatamente assim que quero ser para minha filha ....

beijos

Lucila disse...

Quanto sentimento no seu post!! Me emocionei quando vc relatou o momento de contar para seu pai da gravidez. Lembrei de mim! Uma história parecida.

Muitas de nós passamos dificuldades depois que engravidamos né?!

Jura que tentaram te atrapalhar? Graças à Deus, que deu tudo certo para você e agora vc tem sua familia unida, e o bem mais precioso que é sua filha linda!!

Beijão!

Than disse...

Ai q lindo!
É...vc é nova mas nem por isso menos mãe! Mãe é mãe com qlq idade ne! A gente praticamente nasceu pra isso! rs

Lindo de viver!

Beijos

Francesca disse...

Tanti auguri, che carina la piccola. Ti seguo da Roma, Italia.